Foto: Myke Sena/MS.

Na tarde desta quinta-feira, 27, Marcelo Queiroga recebeu no Ministério da Saúde o negacionista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan. Na foto da comunicação do ministério, Hang aparece sem máscara. Nesta quinta, o Brasil registrou 662 mortes por covid-19 – o dias mais letal da pandemia desde outubro.

Hang foi traficado até a sala de reuniões da Saúde numa agenda de Queiroga com o deputado bolsonarista catarinense Rogério Peninha, que pode virar ministro do Turismo de Bolsonaro caso o atual titular da pasta, Gilson Machado, seja mesmo candidato ao governo de Pernambuco. Já o “Véio da Havan” quer virar senador por Santa Catarina e Queiroga, deputado pela Paraíba.

Detrator de toda e qualquer medida farmacológica ou não farmacológica para lidar com a pandemia, indiciado no relatório da CPI da Covid por incitação a crime contra a saúde pública, a última de Luciano Hang foi compartilhar em redes sociais vídeos contra a vacinação infantil, o que lhe rendeu uma suspensão no Twitter poucos dias atrás.

É Marcelo Queiroga sapateando sobre a pilha de cadáveres que ele tanto tem contribuído para aumentar.

Deixe um comentário

Deixe um comentário Cancelar resposta