Fortaleça a imprensa democrática brasileira

Três dias após o início do movimento dito “espontâneo”, “sem liderança”, que em 24 horas já bloqueava estradas em praticamente todas as unidades da federação, nesta quarta-feira, 2, Dia de Finados, por todo o país (em pelo 18 estados) multidões de golpistas se concentram na frente de quartéis do Exército para pedir “intervenção” contra a vitória eleitoral de Luis Inácio Lula da Silva.

Come Ananás esteve na grande manifestação bolsogolpista deste dia dos mortos na frente da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), na cidade de Resende, no sul fluminense. Não eram meia-dúzia de gatos pingados os que, ao contrário da imprensa e do Supremo, entenderam que Jair Bolsonaro não reconheceu derrota nenhuma, não senhor.

Num dos grupos de WhatsApp bolsonaristas do sul fluminense, o nome de usuário de um dos membros mais ativos na convocação para o ato golpista desta quarta na Aman é “Deus No Comando”. Foi com os dizeres “Deus no comando!” que Flavio Bolsonaro terminou um tuíte postado no dia seguinte à eleição e que também foi interpretado como reconhecimento da derrota eleitoral do pai.

Veja, abaixo, vídeos e fotos da micareta golpista desta quarta na frente da maior academia militar da América Latina, a Aman, que escarrou Jair Bolsonaro para o Brasil. Quem sabe os registros não podem ser úteis caso de este país decida parar de dar moleza para golpista e resolva chamar os criminosos à responsabilidade.

Deixe um comentário

Deixe um comentário