Edson Fachin (Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE).

De Edson Fachin, presidente do TSE, na noite desta segunda-feira, 1º, durante a inauguração dos trabalhos da Justiça Eleitoral no semestre em que serão realizadas as eleições gerais de 2022:

“Desqualificar a segurança das urnas eletrônicas tem a rigor um único objetivo: tirar dos brasileiros a certeza de que seu voto é válido e de que sua vontade foi respeitada”.

“Quem vocifera não aceitar resultado diverso da vitória, não está defendendo auditoria das urnas eletrônicas, do processo de votação, está defendendo apenas o interesse próprio, de não ser responsabilizado pelas inerentes condutas ou pela inaptidão de ser votado pela maioria da população brasileira”.

“Defendam o seu direito constitucional de votar. Votar em quem quiser. Não cedam aos discursos que apenas querem espalhar notícias falsas e violência. O Brasil é maior do que a intolerância e a violência”.

Deixe um comentário

Deixe um comentário Cancelar resposta