Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips.

Um servidor honrado da Funai e um jornalista estrangeiro empenhado em denunciar os crimes de lesa-humanidade do governo marcial de Jair Bolsonaro na Amazônia: Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips são tudo o que Bolsonaro e seus milicos amestrados, todos adoradores de Elon Musk, querem fazer desaparecer.

Pois desapareceram, e desapareceram após Bruno Araújo Pereira receber ameaças de pescadores que atuam ilegalmente em área protegida, que prometeram “acertar contas” com o servidor. Tudo o que anda e rasteja e atua ilegalmente em áreas protegidas tem o apoio de Jair Messias Bolsonaro.

E por falar em pescadores ilegais empenhados em “acertar contas”, vamos lembrar desta história:

Em 2012, o então deputado Jair Bolsonaro foi multado por pescar sardinha, robalo e cavalinha na Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis. Pois o servidor do Ibama que aplicou a multa foi exonerado em março de 2019, logo após o pescador ilegal assumir a presidência da República.

Deixe um comentário

Deixe um comentário