O diretor da Força Nacional de Segurança Pública, coronel Antonio Aginaldo de Oliveira, marcou presença nesta sexta-feira, 25, na edição de 2022 do maior evento “conservador” do mundo, o CPAC, cujo ponto máximo será uma participação de Donald Trump prevista para acontecer às 19h deste sábado, 26. Eduardo Bolsonaro falou no evento às 10h deste sábado sobre se “pode o CPAC salvar a América Latina?”…

O registro da presença do coronel Aginaldo no CPAC 2022, que acontece em Orlando, na Flórida, foi feito na conta oficial da Gettr Brasil. A Gettr é uma rede social fundada em meados de 2021 por um ex-porta-voz de Trump, Jason Miller.

No dia 7 de setembro do ano passado, naquelas horas daquele dia de intensa agitação golpista bolsonarista, Come Ananás mostrou que Jair Bolsonaro tinha assinado a Medida Provisória 1.068/21, visando alterar o marco civil da internet, horas após se reunir com Jason Miller, que dois meses antes tinha fundado a Gettr.

Na foto postada nesta sexta na conta da Gettr Brasil, o coronel Aginaldo de Oliveira aparece com sua esposa, a deputada bolsonarista Carla Zambelli, no CPAC, e os dois exibindo camisetas da Gettr estampadas com um slogan adaptado do slogan de Trump: “tornando as redes sociais divertidas de novo”.

Só em janeiro a Gettr ganhou 140 mil novos usuários no Brasil. Há menos de uma semana, Come Ananás mostrou que a plataforma funciona como linha auxiliar do bolsonarismo no país. A conta institucional da Gettr Brasil assemelha-se mesmo a uma conta pessoal de Jair Bolsonaro, inclusive dando informes sobre a agenda do presidente e promovendo transmissões ao vivo, por exemplo, de Ernesto Araújo, Alexandre Garcia e do blogueiro Allan dos Santos.

Allan dos Santos também esteve nesta sexta no CPAC, fazendo uma live promovida justamente pelo Gettr Brasil. Foragido da justiça brasileira por espalhar fake news, Allan fugiu para os EUA com ajuda de Eduardo Bolsonaro. Outra live, intitulada “Brasileiros invadem o CPAC”, contou com Allan dos Santos e com o youtuber Gustavo Gayer, que como Alan tem contas em redes sociais bloqueadas pela justiça brasileira.

Em janeiro, Gayer viajou para os EUA com a deputada Carla Zambelli, esposa do coronel Aginaldo, para participarem de uma marcha antiabortista e para, ora viva, encontrarem-se com o fundador da Gettr, Jason Miller, que recebeu de Zambelli uma maleta com a inscrição “Bolsonaro – il mito”.

A agenda do diretor da Força Nacional de Segurança Pública dá conta de que desde a última quarta-feira, 23, a direção da Força Nacional está a cargo do diretor substituto coronel José Américo de Souza Gaia. A Força Nacional tem hoje 23 operações em andamento no país, 16 delas em terras indígenas e em áreas de proteção ambiental.

Nas últimas eleições realizadas no Brasil, em 2020, a Força Nacional atuou na “segurança” da votação em mais de 600 municípios de 11 estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. No dia 2 de fevereiro, o coronel Antonio Aginaldo de Oliveira se filiou ao PL, partido de Bolsonaro, para concorrer a deputado federal pelo Ceará nas eleições 2022.

Deixe um comentário

Deixe um comentário