Da participação de Luciano Hang na CPI da Pandemia ficou a certeza de que “os setores responsáveis deste país”, sejam eles quais forem, não aprenderam ainda, não sabem lidar com o fascismo.

Já o fascismo, bem… O Veio da Havan parece à vontade para fazer uma limonada de ofertas do limão que foi a sua participação na CPI: “espetáculo de preços baixos”.

Enquanto isso, Renan Calheiros, para tratar de financiamento de fake news e cloroquina com Luciano Hang, mal sabia como funciona o sistema de anúncios do Google e desconhecia que a corja diferencia “tratamento precoce” de “tratamento preventivo” contra a covid-19.

Que surpresa, a limonada, a sapateada, o escárnio, o circo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *