Fortaleça a imprensa democrática brasileira

Às vésperas do segundo turno das eleições no Brasil, Eduardo Bolsonaro viajou para Buenos Aires em visita patrocinada pelo radical argentino Fernando Cerimedo e com apoio do site La Derecha Diario.

O La Derecha Diario “hospedou” e Fernando Cerimedo “estrelou” uma live feita no fim da tarde desta sexta-feira, 4, na qual foi apontada, farsescamente, fraude na eleição da qual Lula saiu vitorioso e, Bolsonaro, derrotado. O objetivo é açular, com mentiras, os atos bolsogolpistas convocados para este fim de semana no Brasil.

Quem também acompanhou Eduardo Bolsonaro na viagem a Buenos Aires foi Giovani Larosa, correspondente do La Derecha Diario no Brasil e, segundo o próprio La Derecha Diario, “assessor de Eduardo Bolsonaro para assuntos internacionais”.

Eduardo Bolsonaro precisa ser imediatamente chamado às falas por incitação e crime contra o Estado Democrático de Direito. Resta saber se apenas Eduardo Bolsonaro.

Na live, Fernando Cerimedo usa e abusa da palavra “anomalias”, atribuída por ele, ou melhor, por quem o abasteceu e instruiu, a um “código malicioso” inserido nas urnas eletrônicas.

Come Ananás mostrou exaustivamente, nos últimos meses, que a “busca por anomalias nas urnas” e levantar suspeitas de um “código malicioso” no sistema brasileiro de votação eletrônica têm sido a tônica do acossamento das Forças Armadas ao processo eleitoral.

Deixe um comentário

Deixe um comentário