Fortaleça a imprensa democrática brasileira

No vídeo que gravou ao lado de sua esposa e de uma embaixadora fake e para pedir desculpas pelo “mal-entendido” com adolescentes venezuelanas refugiadas, o presidente Jair Pintou Um Clima Bolsonaro disse que “o meu compromisso sempre foi melhor atender e acolher aqueles que fogem de ditaduras pelo mundo”.

No dia 17 de maio de 2017, durante a ordem do dia da Câmara dos Deputados, o então deputado federal Jair Não Estupro Porque Você Não Merece Bolsonaro pediu a palavra e disse:

“Eu faço um apelo ao presidente Michel Temer para que vete integralmente a Lei de Migração”.

E continuou:

“Quem quiser poderá entrar no Brasil, inclusive respeitando a cultura que traz. Mas há países onde a cultura é a poligamia, a cultura é sexo com meninas a partir de 2 anos de idade, o que é mais grave. Quem acha que pode dar certo isso, vá para Boa Vista, em Roraima. Veja como está a problemática da invasão de venezuelanos”.

Jair Bolsonaro em maio de 2017, quando era deputado federal (Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados).

E mais:

“Nós não podemos transformar o Brasil em terra de ninguém. Entre outros direitos, eles vão poder se aposentar por idade e fazer curso superior. Em Roraima, por causa da questão venezuelana, as escolas públicas estão praticamente tomadas por filhos de gente que foge da ditadura venezuelana”.

De fato, um acolhedor.

Deixe um comentário

Deixe um comentário